Opiniom

Do trauma à reparaçom: o caso galego

Por Marcos Abalde Covelo / De joelhos contra a parede durante duas horas. Assim castigavam o historiador Xosé Estévez por utilizar o galego. “Aldeano, que es usted un aldeano”. O artista Siro López explica como…

Ler mais

Devires con tachinhas

Por Iago Santás / É provável que aínda hoje nom tenha existido umha geraçom vincada a um movimento cultural, em qualquer de súas formas, que nom tenha malhado na geraçom anterior. O choque inter-geracional, a…


A esterqueira política

Por Carlo Frabetti / Como o telelixo, da qual é inseparável, a política lixo só se preocupa com classificações. Para o primeiro, um maior número de espectadores traduze-se em maiores quotas de publicidade, ou seja,…


Enganamo-nos

Por BoroLH / Pois pensando-o bem igual nom é a liberdade de expressom o que se está a perseguir no Estado Espanhol… Levamos anos denunciando a crescente escalada repressiva no Estado Espanhol, e vimos denunciando…


O Estado-naçom moderno e a cidadania-democracia

Por Aníbal Quijano (traduçom do galizalivre) / Toda naçom é filha do poder ainda que se expresse nos seus habitantes como umha identidade. A naçom moderna nom existe mais que como Estado-naçom, até há pouco…


O ponto de ruptura

Por Ramón Cotarelo (traduçom do galizalivre) / O Estado espanhol vive em situaçom excepcional. A Constituiçom de 1978 governa-nos, mas nom governa porque está suspensa em umha parte territorial do país, na Catalunha, através de…


Galiza insurgente

Por Ignacio Ramonet (traduçom do galizalivre) / Embora as comparaçons nom sempre sejam pertinentes, permitem às vezes compreendermos melhor umha situaçom afastada da nossa própria experiência. Assim, por exemplo, o do Iraque. Como entender essa…